Traças

Para um orçamento gratuito ligue 0800 77 33 777  ou fale conosco

Segurança aliada a experiência global de mais de 90 anos

Certificados nas normas ISO 9001 e ISO 14000

Soluções inovadoras, eficazes, rápidas e seguras

Controle de traças da Rentokil

Proteger a sua casa e o seu negócio contra traças

As traças não representam propriamente um risco para a saúde, porém, são um tipo de praga temidas pelos sérios danos que as suas larvas e algumas espécies causam em vestuário, tecidos, peles, couros, tapetes, carpetes e muitos outros materiais.

Estes danos podem continuar por muitas semanas após a eclosão das lagartas e serem já de dimensão considerável quando forem vistas muitas traças voadoras ou já em sua fase adulta, como os peixinhos-prata por exemplo. Por isso, é muito importante prevenir as infestações de traças.

Uma pequena infestação de traças pode ser tratada com inseticidas domésticos, mas uma infestação muito implantada requer tratamento profissional.

Sinais da presença de traças

O primeiro sinal é frequentemente algum dano em tecido, mas normalmente existem outros indicadores:

  • Traças adultas (mais rastejantes do que voadoras);
  • Larvas semelhantes às da mosca (lagartas de traça);
  • Tubos ou invólucros sedosos onde as larvas de traça vivem;
  • Pupas (casulos de seda) onde as larvas se transformem em traças.

Identificar as traças

Há três espécies de traças comuns em casa e também nas empresas:

Traça doméstica

  • As adultas medem entre 8 e 14 mm, são castanhas e têm três ou quatro manchas mais escuras.
  • As larvas medem até 20 mm, são de cor branco-sujo e têm a cabeça castanha.
  • As larvas alimentam-se de vários têxteis de origem animal, incluindo lã, peles e penas.

Traça branca doméstica

  • As adultas medem entre 6 e 10 mm e têm cabeça branca e asas com manchas.
  • As larvas medem até 12 mm, são brancas-acastanhadas e têm cabeça castanha-avermelhada.
  • As larvas devoram vários tipos de alimentos. Causam menos danos nos têxteis do que as larvas da traça da roupa ou da traça castanha doméstica.

Peixinho-prata

  • Comprimento de 12 mm. Em forma de torpedo, com 3 longas cerdas no fim do abdómen.
  • Sem asas, com antenas longas e uma coloração cinzento-prateado.
  • Encontrados numa grande variedade de objetos, como livros, papéis de parede, tecidos, açúcar, etc. Alimenta-se de amido, celulose e açúcar.

Espécies de traças

Como evitar traças

É difícil impedir que as traças entrem nas casas, sobretudo com janelas e portas abertas. É aconselhável fechar as cortinas ou utilizar uma rede mosquiteira nas janelas que estejam abertas principalmente a noite, quando as traças voadoras são atraídas pelas luzes.

Uma vez dentro das casas, as traças escolhem as áreas mais escuras e tranquilas onde haja roupas ou outros produtos têxteis armazenados.

As áreas de maior risco são os quartos pouco utilizados, debaixo das camas e armários e guarda-roupas pouco utilizados. Os sótãos também são áreas de risco porque as traças são atraídas pelos ninhos de aves que possam existir nas calhas das casas. Traças como o peixinho-prata, constumam ser encontrados nas áreas úmidas das instalações.

A roupa suja é ainda mais atrativa para as traças. Por isso, limpe ou lave sempre as roupas antes de guardar.

Se guardar produtos têxteis (ex:. roupas e cobertores) por longos períodos de tempo, mantenha-os em sacos de plástico selados ou em malas bem fechadas.

Certifique-se de que as áreas mais ocultas, como debaixo dos móveis, são limpas ou aspiradas regularmente para remover os ovos das traças antes que as larvas eclodam. Isto é ainda mais importante se caso já tenha ocorrido alguma infestação de traças anteriormente ou se houver mais sinais de atividade de traças.

Próximos passos

Unidade mais próxima

Suporte técnico

0800 77 04 388