Pest Guides

Formiga do fogo

Solenopsis spp

Aspecto

Formiga do Fogo (imagem)
  • Obreiras de 3–6mm de comprimento; Rainhas de 15mm de comprimento.
  • Castanho acobreado na cabeça e no corpo, com abdómen mais escuro.
  • A Solenopsis tem uma antena de dois segmentos muito distinta, mais visível na parte da frente da formiga fêmea reprodutora.

Ciclo de vida

  • Depois de formar colónia e acasalar, a rainha procura um local adequado para depositar os seus ovos. Depois de encontrar o local ideal, pode depositar até 125 ovos no fim da Primavera.
  • As larvas surgem 8 a 10 dias depois e a fase da pupagem dura 9 a 16 dias.
  • As larvas alimentam-se de secreções das glândulas salivares das rainhas e dos músculos das asas, até emergirem as primeiras formigas obreiras. Depois deste primeiro lote de larvas se transformar em obreiras, a rainha volta a efectuar mais posturas – pode depositar até 1500 por dia. As formigas obreiras cuidam das larvas, constroem os formigueiros e procuram alimentos.
  • Os machos férteis surgem mais para o fim da estação.

Hábitos

  • A dieta alimentar das obreiras consiste em animais mortos, incluindo insectos, minhocas e vertebrados. As obreiras também colhem melaço e forragem para a sua dieta de açúcares, proteínas e gorduras.
  • Características da colónia – o acasalamento entre rainhas e machos férteis acontece no período da enxameação, a meio ou no fim do Verão. Os machos morrem depois de acasalarem.
  • Os locais dos formigueiros identificam-se por montículos de terra até 40cm, podem-se encontrar perto de objectos no solo ex: troncos.
  • Se forem atacadas, podem reagir agressivamente com uma ferroada dolorosa, que faz aparecer uma pústula passadas cerca de 48 horas.
  • Estas formigas são uma praga grave, tanto urbana como agrícola, destruindo sementeiras e invadindo zonas residenciais exteriores e interiores.